segunda-feira, 27 de março de 2017

UFRN lança primeiro edital com reserva de vagas para pessoas com deficiência

Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) lançou nesta segunda-feira, 27, o primeiro edital para ingresso nos cursos de graduação com reserva de vagas para pessoas com deficiência, em cumprimento à Lei nº 13.409, de 28 de dezembro de 2016, que inclui esse grupo na lei das cotas. A resolução nº 025/2017, referente ao edital, foi aprovada em sessão ordinária do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da UFRN na última terça-feira, 21. “Este dia especial deve ser lembrado como um avanço na inclusão”, destacou a reitora da instituição, Angela Maria Paiva Cruz.
O processo seletivo para educação superior a distância da UFRN é destinado ao segundo semestre letivo de 2017, com inscrições abertas de 10 de abril a 02 de maio. São oferecidas 1.610 vagas distribuídas entre os cursos de licenciatura em Ciências Biológicas, Educação Física, Geografia, Física, História, Letras Português, Matemática, Pedagogia e Química, além do bacharelado em Administração Pública.
Do total de vagas para os cursos de licenciatura, 50% são reservados aos portadores de certificado de conclusão do ensino médio e 50% aos professores em exercício nas redes públicas de ensino. As provas serão realizadas na data provável de 28 de maio, aplicadas simultaneamente nos polos de apoio presencial distribuídos no Estado. Outras informações estão disponíveis no edital, que pode ser acessado em www.comperve.ufrn.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários, principalmente os comentários postados pelo Facebook; Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.

Seu comentário será enviado para o moderador.